Newsletter subscribe

ENEM, UNIVERSIDADES, Vestibular

Confira como o Enem será usado pelas universidades federais

Posted: 18 às 15:27   /   by   /   comments (2)

Unifesp utilizará a nota como prova única só nos cursos menos concorridos.
Exame será adotado para selecionar candidatos para 5 cursos novos.

Com a mudança no formato do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), a maioria das universidades federais decidiu adotá-lo no seu processo seletivo. No entanto, o uso da sua nota será diferenciado. Confira como as instituições em diferentes estados utilizarão a prova no seu vestibular.

 

São Paulo

A Universidade Federal de São Paulo é conhecida como um dos centros de excelência na formação de profissionais na área de saúde. Quem pretende concorrer a uma vaga na instituição neste ano deve se preparar para as mudanças no vestibular, que passará a usar a nota do Enem no seu processo seletivo e que será obrigatório para todos os candidatos.

Das 26 carreiras da universidade, em 19 o exame será o único critério de avaliação. Outros sete cursos usarão o resultado parcialmente, incluindo os mais disputados, como medicina e enfermagem.

 

Rio de Janeiro

Para quem vai disputar uma vaga no Instituto Militar de Engenharia (IME), no Rio de Janeiro, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) não vai ter peso algum. O processo seletivo continuará o mesmo, com provas objetivas e discursivas com conteúdos de disciplinas relacionadas aos cursos oferecidos.

 

Distrito Federal

A nota no exame poderá ser usada como parte da nota do vestibular da UnB ou para preencher parte das vagas. A instituição não cogita substituir o atual processo de seleção, que há mais de dez anos utiliza conceitos como o de interdisciplinariedade e contextualização nas questões da prova, tanto no seu vestibular quanto no Programa de Avaliação Seriada (PAS).

 

Bahia

A exemplo de outras universidades brasileiras, a Federal da Bahia começa a usar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) como mais um critério de avaliação na seleção dos alunos. 
A nota do Enem será usada no processo seletivo de apenas cinco cursos, todos criados agora em 2009. Os cursos, entre eles o de gestão pública e social, são de duração mais curta, com, no máximo, três anos.
Para esses cursos, a nota do Enem vai substituir a primeira fase do vestibular, que também faz uma avaliação do conhecimento adquirido no ensino médio.

 

São cursos que só utilizam a primeira etapa do vestibular. Como existe uma semelhança entre a primeira etapa e o Enem, a universidade decidiu aderir ao projeto do Ministério da Educação (MEC) de seleção unificada para essas graduações.

Rio Grande do Sul

O Rio Grande do Sul tem 109 instituições de ensino superior, mas apenas dez são públicas. Entre as que oferecem ensino gratuito, a mais antiga é a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), que funciona em Porto Alegre. A instituição tem também o maior número de cursos: só na graduação são quase 70. 
Agora, a UFRGS se prepara para, no vestibular 2010, utilizar as notas do Enem.

A proposta precisa ser aprovada ser aprovada pelo Conselho Universitário e prevê um modelo de vestibular híbrido, em que o Enem entra como um complemento.

 

 

fonte

Comentários

comentários

Comments (2)

write a comment

Comment
Name E-mail Website

  • 3 às 12:37 clebson

    eu ja estou cansado de procurar mais ñ encontro eu gostaria de saber se a uefs universidade estadual de feira de santana utiliza o enem para o ingresso na universidade pq quando eu me escrevi tinha o nome la campos de feira de santana e qual a nota q eu devo tirar minha nota foi 488.3 / 470.8 / 473.9 / 503.1 / 400.0 eu consigo uma vaga com essa nota

    Reply